Indicadores

DESO em Números


Abastecimento de Água



Esgotamento Sanitário

Tratamento de Água


A Deso produz água potável a partir de 122 unidades de tratamento, das quais quatro atendem exclusivamente a demanda da Grande Aracaju. O tratamento é desenvolvido com tecnologia apropriada, adequada à qualidade e característica da água bruta de cada manancial.

Para atingir os níveis recomendados de potabilidade, as equipes operacionais da Deso fazem o controle de dosagem de produtos químicos e acompanhamento dos padrões de qualidade. Nesse processo, o tratamento da água bruta passa por etapas como: cloração, coagulação, floculação, desinfecção e fluoretação.

Ao captar e tratar a água, a Deso contribui para melhoria dos indicadores de saúde pública. O tratamento da água é diretamente responsável pela redução das doenças de veiculação hídrica e pela queda no índice de mortalidade infantil.

Distribuição de Água


Sistemas Integrados de Aracaju



Sistemas Integrados do Interior do Estado

Qualidade da Água


A água fornecida à população sergipana segue as exigências do Ministério da Saúde. Essa determinação se torna uma garantia com o trabalho de monitoramento do produto. A água passa por análises em laboratório próprio da empresa e em unidades laboratoriais terceirizadas com certificações ISO/IEC 17025. E, mensalmente, são emitidos relatórios de controle de qualidade para as Coordenadorias de Vigilância Sanitária.

Toda água captada e tratada pela Deso é monitorada desde o manancial até o ramal do imóvel do cliente. A cada mês, a empresa chega a coletar 3.535 amostras e efetiva 28.050 ensaios analíticos em todo o território sergipano atendido.

A Companhia de Saneamento de Sergipe - DESO vem cumprindo o monitoramento no Rio São Francisco desde a sua Primeira Captação no Município de Canindé do São Francisco até a foz no município de Brejo Grande, como dispõe o Art. 40 da Portaria Nº 2.914/2011-MS e os níveis encontrados, estão dentro dos limites conforme a Portaria Nº 2.914/2011-MS.