Itens filtrados por data: Segunda, 08 Abril 2019
Companhia de Saneamento de Sergipe - Itens filtrados por data: Segunda, 08 Abril 2019

Essa ação pontual visa o combate à fraude para garantir o consumo racional da água


A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) começou a colocar em prática a determinação do Governo do Estado de Sergipe de combater as fraudes das ligações clandestinas de água, conhecidas popularmente como “gatos”. A ordem partiu do governador Belivaldo Chagas, no último dia 14 de março, no programa exibido nas redes sociais do governo e pela TV Aperipê, “Papo Reto”.

A ação foi iniciada em alguns bairros da capital e cidades do interior com os técnicos da Deso fiscalizando as residências com suspeita de ligação clandestina. Segundo dados levantados pela Companhia, dos 384 milhões de litros de água disponibilizados diariamente, cerca de 48% são desviados clandestinamente, o que acarreta em prejuízos para a população, já que a ligação clandestina o consumo é indiscriminado, lesa a empresa e obriga a um aumento nos custos da prestação do serviço.

Segundo o diretor de Operações da Deso, Carlos Anderson Pedreira, o alto índice de desvios clandestinos é uma das causas de problemas no abastecimento. “Se não houvesse a grande quantidade de desvios, o serviço seria ainda mais eficiente. Além disso, teríamos uma grande diminuição de custos empenhados em matéria-prima, produção, energia elétrica, etc. durante as ações de reparos. Se não desviassem a água, muito provavelmente iríamos retirar muito menos dos mananciais. A maioria das perdas de água em nosso estado tem relação com desvios ilegais”, explica.

Apoio da população

A população tem papel importante nesse processo que o Governo de Sergipe inicia para coibir as ligações clandestinas de água. “A Deso faz a parte dela e a população precisa ajudar nesse momento, regularizando a ligação clandestina e denunciando o uso ilegal de água”, apela o diretor.

Carlos Anderson explica que se o imóvel estiver ligado à Rede Pública de distribuição de água, mas não possuir cadastro no Sistema Comercial da Deso, é importante que o responsável procure um dos Postos de Atendimento da Deso, com a cópia da carteira de identidade e CPF do proprietário do imóvel, bem como documento do imóvel.

O cidadão que tiver a iniciativa de regularizar a situação junto a Deso vai ser beneficiado com a redução no custo da religação, de 20% do valor e, além disso, esse valor poderá ser parcelado.

Segundo o diretor comercial e financeiro da Deso, Wanderlê Dias Correia, o objetivo principal dessa campanha não é de punir, é dar oportunidade para que as pessoas regularizarem sua situação dentro da empresa. “O intuito da ação é conseguir combater o uso irregular da água por meio da conscientização da população, antes que as ações comecem de fato a punir e extinguir as ligações clandestinas com as medidas criminais cabíveis”, disse o diretor.

Ainda de acordo com Wandeclê Correia, as pessoas serão informadas dessas ações e será dado um prazo para a regularização. “Inclusive a Deso estará presente na comunidade com o atendimento social e assim todos serão beneficiados, tanto a população que terá agua com regularidade, como o meio ambiente que vai precisar de menos retirada de água em seus mananciais e a também a empresa que terá mais recursos para investir na qualidade de serviço para população”, completa o diretor comercial e financeiro.

O número para denúncias da presença de desvios ilegais é o 08000790195.  “Com essa ação a população estará ajudando a manter sua cidade, bairro abastecido e garantir a redução da crise hídrica do Estado”, completa o diretor.

Texto: Agência Sergipe de Notícias

a2b0db2e77eda3793649bb8c26168431

370235f8caebf90f62adb4ae5685b933

 

Cerca de 75 alunos da Escola Reunidas Coelho Neto participaram de uma manhã de atividades dedicadas ao uso correto da água. A ação foi coordenada pela Seduc com a participação da Companhia de Saneamento de Sergipe


Alunos da Escola Reunidas Coelho Neto, na Atalaia Nova, na Barra dos Coqueiros, participaram, na última terça-feira, 2, de uma manhã de atividades dedicadas ao uso correto da água. A ação foi coordenada pela técnica pedagógica da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), escritora e contadora de histórias, Jeane Caldas, com a participação do Coordenador de Educação Ambiental da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), José Jorge Silva Santos.

“A água é a coisa mais importante da nossa vida e, se a gente não economizar, o planeta vai ficar sem ela. A gente, quando for escovar os dentes, precisa desligar a torneira e na hora que tiver passando sabonete no corpo durante o banho, tem de fechar o chuveiro”, alertou a pequena Karine Arcanjo Mota, de 7 anos, aluna do 2º ano do ensino fundamental. Ela e os alunos do 1º ao 4º ano do ensino fundamental compreenderam ainda mais a importância do uso racional da água e a preservação dos recursos hídricos, através de um bate papo descontraído e a contação de uma história, na qual dois dos alunos representaram uma princesa das águas e um pescador, personagens que convivem com um garoto das águas.

Além de conscientizar as crianças sobre o bom uso dos recursos hídricos, durante o encontro realizado na escola, os alunos puderam participar da escolha do nome do futuro mascote da Deso. “Contamos a história de um ser que vive nas águas e que ainda não tem nome, ficando a cargo deles a escolha entre as sugestões apresentadas, e que vem a ser o mascote da Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO). No entanto, a história é contextualizada de acordo com a realidade do nosso Estado, dando ênfase às cidades que estão passando dificuldades por conta dos problemas hídricos, de modo que eles tomem consciência da importância da água e de como devemos preservar o meio ambiente, a fim de que ela não se torne escassa”, explicou a contadora.

Durante as atividades houve a votação para a escolha do nome, sendo três as opções: Ribeirinho, Tchibum e Desinho, sendo Desinho o escolhido, com 41 votos. “Essa é a segunda unidade de ensino em que venho desenvolver essa atividade e fiquei muito feliz com a interatividade dos alunos. O tema já havia sido discutido anteriormente por conta de trabalhos participativos entre eles e as professoras. Além de se mostrarem conhecedores das questões ambientais, a escolha do nome para o mascote da campanha da Deso tornou a atividade ainda mais dinâmica”, ressaltou Jeane Caldas.

Interação dos alunos

Para a diretora da unidade de ensino, Ana Sílvia Bomfim, a atividade proporcionou resultados pos

itivos aos alunos. “São ações que não apenas despertam a curiosidade em conhecer, mas, sobretudo em fazer com que elas interajam e se sintam importantes. Tudo que traz dinâmica para a escola é bem-vindo e, nossas crianças são receptivas e abraçam com carinho o que é novo, pois isso possibilita conhecimento do que acontece lá fora e os ajudam a semear o que aprenderam aqui”, afirmou.

O pequeno Reynã Santos da Cruz, de 8 anos é aluno do segundo ano do ensino fundamental e se mostrou disposto a compartilhar o conhecimento adquirido durante a manhã. “Eu aprendi que a água é a nossa maior riqueza, que a gente não pode desperdiçar, que tem de fechar a torneira quando for escovar os dentes, cuidar bem dos rios e riachos e, quando eu chegar em casa, vou falar para os meus pais e meus dois irmãos”, afirmou.

Texto: Agência Sergipe de Notícias

0bd6886fe8fbe9d5d975d2a3f516dfde

6e3d776348f8cc1f2da9414323b9c215

7a55d239667ae73b70ab8909d1479cc2

9eb2d398fcf7efe2a8f728c339d3f815

193dc1067b99c4ab61a92a2ef06616a8

679c1a71686954e9929fe7e1c18e6615

956ce83c22a7c6d30e074414a307181b

4152b1035b3a1a324271548f7ad4c588

4381e698e7db58d49ba106a3e6fb19d6

401302a0732e71616fcb78ddd931a81e

e45aede101d980fc143de2b1cb32a166

d34c28d3407fa7975810a102fa473338

Terça, 09 Abril 2019 10:42

cidade de Japoatã

A Companhia de Saneamento de Sergipe - Deso informa que está comprometido o abastecimento na cidade de Japoatã, devido a uma manutenção corretiva.

A previsão para o restabelecimento gradativo do abastecimento é no decorrer da tarde do dia de hoje (09/04/2019), logo após a conclusão dos serviços, sem qualquer outro aviso.

A Deso recomenda a utilização econômica da água existente nas caixas d'água e reservatórios residenciais, evitando-se desperdícios.

Casos de emergência e pedidos de serviços podem ser informados pelo telefone 08000790195 com prioridade para creches, hospitais, asilos e demais entidades dessa natureza.

Assessoria de Comunicação da Deso

canais-atend-interno

Acesso a Informação

transp


office365-webmail